sexta-feira, 22 de abril de 2011

Rascunho de infecto: Febre de origem indeterminada.

Febre de origem indeterminada: elevação da temperatura por disfunção do centro termorregulador do hipotálamo, ativando neurônios vasomotores, com constrição periférica.
A alteração se dá pela produção de prostaglandina E2 (PGE2), aumentando AMPc, pelas células gliais.
Pirogênios endógenos: anticorpos...
Hipertermia: aumento da temperatura, mas o centro está normal, ocorre em alguns distúrbios neurológicos; muita roupa em dia quente. Drogas como anestésicos e neurolépticos.
É uma febre igual ou superior 38,3°C com 2 ou mais semanas de evolução.
A maioria é de manifestação atípica de doença comum.
Nem sempre tem se febre por infecção: colagenoses, neoplasias, outras causas.
Infecções virais: EBV, CMV, Hepatite, HIV.
Infecções bacterianas L((--;;;;.......tem que fazer a anamnese completa............---;;;))-J
Tudo é pista...abordagem ao paciente:
História clínica, confirmar febre, exame físico, hemograma, VHS, PCR, EAS, bioquímica.
Epidemiologia: idade, distribuição geográfica, hábitos de vida, exposições ocupacionais; história familiar.
História patológica pregressa: cirurgia recente; próteses; valvopatias; transfusões; doenças imunodepressoras, ...AIDS, transplantes de medula e órgãos; alguns antiinflamatórios mascaram a febre.
Cocaína pode provocar febre e hemorragia intracraniana.
Exames: baseado na história para solicitar o melhor exame.
Dificuldades no manuseio: inexperiência profissional; origem?; precipitação terapêutica; munchausen; falso positivo ou negativo; avaliação multiprofissional?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Postagens populares